Notícia Internacional: Califórnia rejeita legalizar a venda da maconha Paraíba, 11/11/2010

Notícia Internacional: Califórnia rejeita legalizar a venda da maconha

Matéria Veiculada dia 04 de novembro de 2010
Gustavo Chacra CORRESPONDENTE / NOVA YORK - O Estado de S.Paulo
NOVA YORK 
     Os californianos rejeitaram a legalização da venda de maconha para uso pessoal em um duro golpe nos defensores da liberalização. Foram 54% votos contra e 46% a favor em plebiscito realizado com as eleições para o governo e o Congresso na terça-feira. Apesar da derrota, a droga continuará sendo vendida com receita médica no Estado.
     Além de rejeitar a legalização da maconha, os eleitores aprovaram mais impostos sobre a venda da droga para fins medicinais. Em Long Beach, os usuários com receita médica serão obrigados a pagar 15% de impostos. A média, nas outras cidades, será de 10%.
     Os defensores da legalização exibiram três principais argumentos. Primeiro, poderia contribuir para a redução do crime organizado na fronteira com o México, por onde passa a maior parte da maconha consumida nos EUA. Em segundo lugar, a venda poderia elevar a receita do Estado com impostos. Por último, a maconha é considerada uma droga menos perigosa que a cocaína e a heroína. Para os defensores, poderia ser regulamentada como o álcool e o cigarro, assim, milhares de jovens deixariam de ser presos anualmente.
Fonte :http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20101104/not_imp634423,0.php





Assessoria de Comunicação