Olimpio participa da abertura do Projeto Consultório de Rua Paraíba, 04/05/2011

Olimpio participa da abertura do Projeto Consultório de Rua

     O vereador Olimpio Oliveira (PMDB) prestigiou na manhã do ultimo dia 25 de abril do corrente ano do lançamento oficial do Projeto "Consultório de Rua" - O Projeto Consultório de Rua e Redução de Danos, tem o intuito de atrair pessoas em condição de vulnerabilidade social e que são usuárias de drogas, especialmente os moradores de rua, para buscar os serviços públicos e tratar o problema. Ele funcionará através da disponibilidade de um veículo, com profissionais da saúde e assistentes sociais, que se fixará inicialmente em dois pontos da cidade, considerados mais vulneráveis, na Praça da Bandeira e na Praça José Américo, ao lado do Parque da Criança.
     Os horários de atendimento foram escolhidos por serem justamente aqueles em que as pessoas que são público-alvo do projeto estão mais vulneráveis, explicou a supervisora do projeto, a psicóloga Alda Cristina, que também é coordenadora do CAPS ad (Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Outras Drogas), serviço ao qual o Projeto Consultório de Rua é referenciado.
     Na solenidade de apresentação do projeto, que aconteceu na manhã da última segunda-feira, 25, na Praça da Bandeira, a secretária municipal de Saúde, Tatiana Medeiros destacou a implantação do projeto, em parceria com o Ministério da Saúde, como mais um instrumento de enfrentamento ao crack, álcool e outras drogas no município e um compromisso da gestão municipal com o cidadão campinense. 
     A coordenadora de Saúde Mental do município, Ana Amélia Arruda, falou sobre a importância da intersetorialidade para a implantação de iniciativas como o Consultório de Rua e a participação da família, escolas e governos no enfrentamento às drogas. Quem também prestigiou a solenidade de implantação do projeto foi o presidente do Comad (Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas), o major Clementino.
     O Consultório de Rua vai funcionar em uma unidade móvel adaptada para realizar o acolhimento de pessoas que vivem em situação de risco e vulnerabilidade social decorrente do uso de álcool e outras drogas. A equipe de oito profissionais do Consultório de Rua é formada por psicólogo, assistente social, enfermeiro, auxiliar de enfermagem, ACS (Agente Comunitário de Saúde) e redutor de danos. 
     O atendimento será feito a crianças, adolescentes e adultos e dependendo da necessidade de cada caso, eles serão encaminhados para os serviços de referência do município. A característica mais importante desta intervenção é oferecer cuidados no próprio espaço da rua, preservando o respeito ao contexto sócio-cultural das pessoas e por este motivo, as abordagens são feitas no local de uso de álcool e outras drogas.





Assessoria de Comunicação