Político volta a comparar PB e PE e aponta avanços e atrasos Paraíba, 22/09/2011

Político volta a comparar PB e PE e aponta avanços e atrasos

Incluídos e excluídos: político de CG volta a comparar PB e PE e aponta avanços e atrasos nos dois Estados 
     O vereador campinense Olímpio Oliveira (PMDB) cobrou na manhã desta quarta-feira, (21), da classe política da Paraíba um engajamento maior em torno das obras do Projeto de Transposição das Águas do Rio São Francisco e disparou: “Nós temos na Região Nordeste outro Brasil, ou seja, temos o Nordeste dos incluídos e o Nordeste dos excluídos".
     Na parte do Nordeste incluído, Olímpio disse que estão os estados de Pernambuco, Ceará e Bahia e nos excluídos os demais estados nordestinos. "É chegada a hora de erradicar de vez essas diferenças. "Precisamos levantar nossa voz, afinal nós somos Nordeste também. Esses estados já receberam demais, temos que acabar com as desigualdades regionais e para isso precisamos do empenho dos políticos", disse.
     O vereador esteve visitando as obras do Rio São Francisco no final do ano passado e constatou que estavam paradas e que até hoje os trabalhos naquela área continuam na mesma letargia. Ele destacou que as obras em Pernambuco estão quase concluídas e que já existem, no curso do canal, empreendimentos do Japão e França se instalando para alavancar a economia do vizinho estado de PE.
     “Posso afirmar com convicção que do lado de Pernambuco as obras tem andado bem, o canal está praticamente pronto, as estações elevatórias também. Vi e tenho fotos de lá e estão praticamente prontas, inclusive chegando empreendimentos do Japão e França e aqui o que se ver é essa letargia que lamentavelmente nos preocupa será que nós não precisamos de fato dessa água?”, desabafou.A
     Olímpio disse estar sem entender até agora por que a classe política da Paraíba não está fazendo nada para cobrar dos governos estadual e federal as obras de Transposição das Águas do Rio São Francisco. “Não sei quais são as conveniências e as circunstâncias que nós não presenciamos uma luta mais aguerrida para que esse projeto seja concluído. Não sei por que a classe política de Campina Grande não está fazendo nada. Não entendo porque nossos deputados estaduais, federais, senadores e o próprio governador não se preocupam na medida em que deveriam se preocupar com este tema”, frisou.
     O vereador destacou também que até o presente momento, o único Projeto apresentado pelo governo do Estado foi o do Canal Litorâneo, que ocorre com a saída das águas do Açude Epitácio Pessoa para o Acauã e que vai para as terras mais ricas da Paraíba. “Isso é um absurdo, uma água que era para irrigar o semiárido, o único projeto que a PB tem é para irrigar a área litorânea, então não posso ficar calado diante disso”, ponderou.
     Olímpio disse ainda que Campina Grande perdeu muito espaço no seu parque industrial por falta de uma segurança hídrica e citou exemplo como a Betonita, que saí da cidade de Boa Vista, passa por Campina para ser beneficiada em João Pessoa ou em Natal. “As indústrias que eram instaladas na Rainha da Borborema foram transferidas para a capital porque não existe segurança hídrica na nossa cidade”, pontuou.
     “Temos mais de 50% das cidades paraibanas com déficit hídrico e as obras da Transposição na Paraíba continuam paradas no Lote 12, compreendidos entre as cidades de Sertânia e Monteiro. Repito não entendo porque a classe política não está se mobilizando para cobrar dos governos estadual e federal”, finalizou.
Matéria: Simone Duarte, Correspondente do SITE PB Agora http://migre.me/5KW1x





Assessoria de Comunicação