Ciclo de Debates sobre Drogas elege prioridades para os governos Paraíba, 16/12/2011

Ciclo de Debates sobre Drogas elege prioridades para os governos

     A Câmara Municipal de Campina Grande realizou durante toda a manhã desta quinta-feira (15) o primeiro Ciclo de Debates: Crack e outras Drogas – Construindo uma Rede de Enfrentamento, fruto da Resolução de autoria do vereador Olimpio Oliveira. O evento contou com a presença das maiores autoridades sobre o tema no Estado, além da participação do Deputado Federal Wilson Santiago Filho, o qual preside a Comissão Especial de Combate ao Crack e outras Drogas da Câmara dos Deputados.
     Os debates foram norteados por 03 (três) eixos temáticos: Prevenção, tratamento/reinserção e repressão ao tráfico. O psicólogo, escritor e policial federal Deusimar Guedes falou sobre o trabalho preventivo. O Padre Sérgio Leite (Centro de Recuperação Fazenda do Sol) e a Dra. Alda Cristina (Centro de Atenção Psicossocial para Álcool e outras Drogas) discorreram sobre o tratamento e a reinserção social. O promotor da infância e da juventude, Dr, Herbert Targino, e o  Superintendente da Polícia Civil, Dr. Wagner Dorta, falaram sobre as ações de repressão.
     Após a apresentação dos eixos temáticos o debate foi aberto para a participação da plenária. Após intensas discussões os participantes elegeram as seguintes prioridades para as três esferas de governo:
Governo Municipal:
1. Estruturar, com prioridade absoluta, a Rede de Enfretamento às drogas conforme preconiza a Portaria do Ministério da Saúde nº 2.197/04;
2. Elaboração de Projetos para captação de recursos através do Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack e outras Drogas (Decreto Federal nº 7.179/10);
3. Os projetos devem priorizar a ampliação da estratégia CAPS AD; a criação de leitos com a implantação de um Centro de Referência para o tratamento de dependentes químicos e com a reserva de leitos em Hospitais Gerais;
4. Os projetos devem contemplar também a capacitação dos profissionais da rede de saúde e rede de assistência social em tratamento e reinserção social, para educadores, comunidade escolar e a formação de multiplicadores em prevenção;
5. Disponibilizar assessoria técnica para a elaboração de projetos para captação de recursos aos Centros de Recuperação.
Governo Estadual:
1. Agilizar a efetivação das ações e programas previstos no Plano Integrado de Enfrentamento ao Crack da Paraíba.
Governo Federal:
1. Apoiar a aprovação, em caráter de urgência, dos projetos de lei, que tramitam no Congresso Nacional, proibindo a publicidade de bebidas alcoólicas, inclusive da cerveja, no rádio e na televisão;
2. Adotar em relação às bebidas alcoólicas estratégias de enfrentamento similares às que foram implementadas em relação ao tabaco.
     Para o vereador Olimpio Oliveira o Ciclo de Debates superou suas expectativas: “Foi um momento impar para este Poder, pois sociedade e autoridades mantiveram uma postura cívica diante de um tema de tamanha complexidade. Creio que demos um passo importante para a consolidação das políticas públicas no campo do enfrentamento ao uso abusivo de drogas em Campina e região”, comemorou Olimpio. 
     O debate teve cerca de quatro horas de duração e contou com a presença de inúmeros ativistas da luta contra as drogas, além de várias autoridades como os secretários municipais Robson Dutra (Ação Social) e Tatiana Medeiros (Saúde), Major Clementino (Conselho de Políticas sobre Drogas), Hiltom Motta (CDL), o Pastor João Filho (Coordenador Estadual de Políticas sobre Drogas) e muitos outros servidores municipais e estaduais de órgãos ligados a essa temática.





Assessoria de Comunicação