Câmara debaterá a qualidade do Sistema de Transporte Coletivo em Audiência Pública Paraíba, 23/05/2012

Câmara debaterá a qualidade do Sistema de Transporte Coletivo em Audiência Pública

     A Câmara Municipal aprovou por unanimidade na manhã desta terça, 22 de Maio, requerimento Nº 461/2012, de autoria do vereador Olimpio Oliveira, onde o parlamentar solicita a realização de uma Audiência Pública, que brevemente será anunciada, para discutir a qualidade do Sistema Público de Transporte Coletivo e buscar soluções para as inúmeras reclamações dos usuários do Sistema.
     Como justificativa, o vereador Olimpio Oliveira destacou que são inúmeras as queixas sobre os serviços oferecidos ao cidadão campinense pelo sistema de Transporte Público de Campina Grande. “Os usuários enfrentam diariamente problemas como: superlotação, veículos mal conservados, atrasos, assaltos, desrespeito aos beneficiários do passe livre e da meia entrada, dentre muitos outros problemas” destacou o parlamentar.
     ASegundo Olimpio, que recentemente esteve fiscalizando os serviços dos ônibus, além das queixas supracitadas, os passageiros reclamam também sobre o itinerário da frota, que segundo os reclamantes, as rotas atualmente estabelecidas, não abrangem de forma satisfatória todos os recantos da cidade. 
     O parlamentar esclarece que, o transporte coletivo de passageiros é um serviço público, explorado pela iniciativa privada, através de concessão, permissão ou autorização dos serviços, e no caso de Campina Grande a fiscalização é de responsabilidade da STTP, que deve cumprir a função de regulador e fiscalizador, aumentando sua responsabilidade sobre a qualidade dos serviços prestados aos usuários. 
      “O funcionamento da cidade depende desses transportes, pois a sociedade aqui representada pela Câmara Municipal tem o direito e o dever de debater e encontrar soluções para que as demandas sejam resolvidas, pois, o Transporte Público, representa uma peça essencial na dinâmica das cidades, cujo desempenho pode afetar positiva ou negativamente em quase todas as atividades humanas” alertou Olimpio Oliveira.





Assessoria de Comunicação