Olimpio é recebido pelo secretario de meio ambiente e cobra ações para combater o desperdício de água e a poluição sonora Paraíba, 07/11/2014


Olimpio é recebido pelo secretario de meio ambiente e cobra ações para combater o desperdício de água e a poluição sonora

O vereador Olimpio Oliveira foi recebido, na tarde desta quinta-feira, em audiência pelo secretário de Serviços Urbanos e Meio Ambiente, Geraldo Nobre. Na oportunidade, Olimpio apresentou ao secretário algumas leis de sua autoria, as quais visam contribuir para combater o desperdício de água e a poluição sonora.

Segundo Olimpio, são leis importante e espera que sejam efetivadas: “A cidade está na iminência do colapso do abastecimento d’água, e é inadmissível que as pessoas continuem desperdiçando água sem qualquer reprimenda por parte das autoridades”, pontuou Olimpio. O vereador é o autor da Lei Municipal nº 4.720/08, que define e multa o desperdício de água.

Por outro lado, Olimpio também é o autor da Lei Municipal nº 5.579, de 14 de abril de 2014, sancionada pelo prefeito Romero Rodrigues, a qual dispõe sobre as penalidades para coibir a demora dos serviços para o conserto de vazamentos na rede de abastecimento de água, os quais estejam danificando a pavimentação de vias públicas. “Não podemos fechar os olhos para o desperdício. Mesmo diante da crise hídrica enfrentada por Campina, é possível encontrarmos diversos vazamentos jorrando água tratada e potável nas ruas da cidade. A nossa lei possibilita que a Prefeitura multe a CAGEPA pela demora do conserto desses vazamentos”, explicou Olimpio.

Finalmente, Olimpio solicitou o empenho do secretário para fiscalizar a aplicação da Lei Municipal nº 5.670, de 11 de agosto de 2014, que dispõe sobre as penalidades pela poluição sonora proveniente de aparelhos de som instalados em veículos automotores, estabelecimentos comerciais e de entretenimento, residências e carrinhos de venda de CDS e similares. “Esta lei é uma esperança para as pessoas que não aguentam mais os abusos praticados por indivíduos que se utilizam de equipamentos potentes para perturbar o sossego alheio com a emissão abusiva de sons”, comentou Olimpio.

O secretário Geraldo Nobre se comprometeu de trabalhar para efetivar as leis apresentadas pelo vereador Olimpio, inclusive, forneceu o número do telefone para denúncias de desperdício d’água e de poluição sonora: 3341.0600.

 





Assessoria de Comunicação