Olimpio Oliveira solicita audiência ao prefeito Romero Rodrigues Paraíba, 21/01/2015


Olimpio Oliveira solicita audiência ao prefeito Romero Rodrigues

Olimpio Oliveira solicita audiência ao prefeito Romero Rodrigues

Pelo segundo ano seguido o vereador Olimpio Oliveira, líder do PMDB na Câmara Municipal, solicita uma audiência ao prefeito Romero Rodrigues. Há exatamente um ano, no dia 20 de janeiro de 2014, o vereador teve o primeiro encontro com o gestor municipal. Na oportunidade, o vereador apresentou uma pauta com sete reivindicações, versando sobre temas de interesse coletivo, como o próprio edil assim classificou os pleitos.

Olimpio protocolou na manhã desta terça-feira o pedido para uma nova audiência. Segundo ele, o objetivo é avaliar os resultados da pauta apresentada quando do primeiro encontro com Romero. “Esperei um ano na expectativa de que os nossos pleitos fossem atendidos. Lamentavelmente, o saldo do encontro é muito abaixo da expectativa que foi gerada pelo prefeito. Apenas uma das nossas sugestões foi efetivada: a contratação de leitos hospitalares para a desintoxicação de dependentes químicos. Estou querendo conversar novamente com o prefeito porque entendo que sentimentos menores que habitam na política não podem prejudicar os interesses coletivos”, explicou Olimpio.

No ofício protocolado por Olimpio é antecipada a pauta, a qual consta de uma avaliação da pauta da audiência anterior e mais três temas que o parlamentar pretende tratar com o chefe do Poder Executivo:

1.    A efetivação da Lei Municipal nº 5.572, de 14 de abril de 2014, que institui o PLANO MUNICIPAL DE PREVENÇÃO AO COLAPSO DO ABASTECIMENTO DE ÁGUA;

2.    A criação, regulamentação e implantação do Fundo Municipal de Políticas Públicas sobre Drogas, autorizado pela Lei Municipal nº 4.619, de 14 de fevereiro de 2008;

3.    A urgente remoção dos animais de grande porte (equinos, asininos, muares, bovinos), os quais estão confinados Centro de Controle de Zoonoses, ou seja, um lugar totalmente inadequado para abrigar com dignidade tais animais, conduzindo-os para outro local, onde esses animais possam desfrutar de espaço para correr, brincar e desenvolver ou resgatar o instinto natural para buscar o próprio alimento na pastagem nativa, inclusive, barateando o manejo desses animais, pois o custo com a compra de ração pelo CCZ é altíssimo. Enfim, o ideal é que sejam abrigados num sítio ou qualquer outro espaço no campo (Fazenda, granja, chácara...).

 

Até o final da tarde a assessoria do prefeito Romero Rodrigues não havia confirmado a data possível para a realização da audiência.

 





Assessoria de Comunicação