Vereador denuncia ao Ministério Público que o Banco do Brasil não abasteceu os Caixas Eletrônicos Paraíba, 08/03/2016


Vereador denuncia ao Ministério Público que o Banco do Brasil não abasteceu os Caixas Eletrônicos

Vereador denuncia ao Ministério Público que o Banco do Brasil não abasteceu os Caixas Eletrônicos no final de semana

O vereador Olimpio Oliveira esteve na sede do Ministério Público, na tarde de hoje, onde protocolou uma NOTÍCIA DE FATO denunciando o Banco do Brasil por deixar de abastecer os Caixas Eletrônicos, no final de semana, em várias agências da cidade de Campina Grande-PB.

Segundo o parlamentar, ele mesmo esteve na manhã deste domingo, dia 06 de março de 2016, por volta das 10h00min, na Agência do Banco do Brasil S/A, situada na Rua Sete de Setembro, no Centro desta Cidade, para fazer um saque de dinheiro, mas para a sua maior surpresa, todos os 33 (trinta e três) Caixas Eletrônicos instalados no recinto de entrada da referida agência, não estavam disponíveis para saques, ou seja, não havia cédulas nas respectivas máquinas.

O vereador registrou a sua indignação nas Redes Sociais, optando pelo FACEBOOK. Não demorou, diversas outras pessoas registraram que o fato é rotineiro, inclusive, em outras agências do Banco do Brasil e do BRADESCO. “É verdade que os casos de explosão de Caixas Eletrônicos fugiram totalmente do controle dos órgãos de segurança, mas o cidadão não pode pagar mais esse preço pela insegurança”, desabafou Olimpio.

 

Olimpio solicitou ao promotor de justiça responsável pela Curadoria dos Direitos do Consumidor, a investigação e a respectiva punição dos infratores com fundamento no artigo 20, § 2º, do Código do Consumidor e na Resolução do Banco Central nº 4.283/13, que determina o seguinte: “as instituições financeiras e demais instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil, na contratação de operações e na prestação de serviços, devem assegurar a adequação dos produtos e serviços ofertados ou recomendados às necessidades, interesses e objetivos dos clientes e usuários”.

 





Assessoria de Comunicação