Audiência Pública: Moradores do Conjunto Serra da Borborema querem continuar sendo governados por Campina Paraíba, 19/04/2017


Audiência Pública: Moradores do Conjunto Serra da Borborema querem continuar sendo governados por Campina

Na manhã desta quarta-feira (19) o vereador Olimpio Oliveira (PMDB) discutiu durante uma Audiência Pública, proposta por ele e realizada na Câmara Municipal de Campina Grande, as consequências causadas aos moradores do conjunto habitacional Serra da Borborema, que aconteceram após a sanção da Lei Estadual de Nº 10.317 de 30 de maio de 2014. A medida redefiniu os limites dos municípios de Campina Grande e Queimadas.
 
Com a mudança, a comunidade que pertencia a Rainha da Borborema passou a fazer parte do município de Queimadas. No entanto, segundo os moradores do local, a cobrança do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) referente ao ano de 2017 já chegou às residências. Mas a população continua sem o retorno do Poder Público e afirma ainda que não sabe a quem recorrer para pleitear melhorias para a localidade. Na ocasião, membros da sociedade civil e autoridades debateram e esclareceram todas as dúvidas sobre a situação. Rafael Marconi, Diretor do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em Campina, fez esclarecimentos importantes para sobre a temática. Também participou da Audiência, o Deputado Doda de Tião, o qual se comprometeu de levar o tema para discussão na Assembleia Legislativa, bem como elaborar um projeto para revogar essa divisão que foi feita.
 
Ao final das discussões, Olimpio se comprometeu em elaborar um documento solicitando que a localização do conjunto Serra da Borborema seja redefinida, conforme o anseio da população. Para ele, o importante é que os direitos que todos os habitantes do local têm a saúde, a educação, ao lazer e a infraestrutura sejam garantidos pelo município a que, de fato, a comunidade pertença.
 
 
Assessoria de comunicação
Vereador
Olímpio Oliveira
www.olimpiooliveira.com.br





Assessoria de Comunicação